O primeiro centro de inovação do Governo do Estado completa quatro anos impulsionando o ecossistema de tecnologia e inovação da Serra catarinense. Muitas das ações desenvolvidas pelo Órion Parque foram colocadas em prática com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc). Para reforçar a parceria, a Fundação lançou nesta quarta-feira, 24, um edital para fomento de programas e projetos voltados ao empreendedorismo inovador.

centros de inovacao orion parque chega a aproximadamente 90 de ocupacao em lages 20190308 1387211087
Foto: Arquivo/ Secom

O objetivo da chamada pública 11/2020 é consolidar o Órion Parque como referência de tecnologia e inovação, na criação de novos negócios e na qualificação de profissionais. A aproximação do ambiente acadêmico com as empresas dá oportunidade para que boas ideias se tornem negócios viáveis, impactando na economia e na geração de novos empregos.

Serão destinados R$ 100 mil à organização da sociedade civil (OSC) que apresentar a melhor proposta de promoção do ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) de Lages e região. Os recursos são provenientes de emenda parlamentar da deputada federal Carmen Zanotto.

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Hothausen, explica que é a primeira vez que a Fundação recebe e operacionaliza recursos de uma emenda parlamentar. “Para nós é muito importante buscar novas fontes para fomentar as ações de CTI em nosso Estado. Agradeço à deputada Carmen Zanotto e tenho certeza que a chamada publica irá contribuir para o fortalecimento das ações de empreendedorismo inovador no Centro de Inovação de Lages” comenta.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Rogério Siqueira, novas parcerias agregam e multiplicam o alcance das ações de inovação. “Os Centros de Inovação são ferramentas pensadas e planejadas justamente para fortalecer o ecossistema de inovação do Estado, e fazem isso por meio de cooperação entre  universidades, sociedade civil, poder público e empresas que, integradas, trabalham na construção de soluções inteligentes”, avalia.

As instituições interessadas em participar da chamada podem ser inscrever até o dia quatro de agosto, diretamente na plataforma da Fapesc. Para isso, é necessário enviar uma proposta de trabalho no Portal SC Transferências. O edital completo pode ser acessado em www.fapesc.sc.gov.br.

Incentivo ao empreendedorismo inovador

A Fapesc tem apoiado projetos e ações dentro do Órion Parque. Um deles é o Programa Nascer, que já na primeira edição está ajudando a desenvolver ideias que em breve poderão se tornar negócios viáveis. O programa está com inscrições abertas até 30 de junho para a segunda edição, quando vai selecionar mais 10 projetos.

Também foram destinados mais R$ 100 mil ao centro de inovação para monitoramento e aprimoramento do ecossistema local. A Fundação providenciou ainda dois bolsistas, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), para aplicar um projeto de melhoria das funções de governança do ecossistema de CTI em Lages.

Com projetos e parcerias voltados ao Centro de Inovação, Fapesc e Governo do Estado garantem investimentos para fortalecer o empreendedorismo inovador, a geração de emprego e renda. “Aproveito para parabenizar o Órion Parque por seus quatro anos de conquistas e sucesso, contribuindo decisivamente na construção de uma comunidade empreendedora e inovadora na região serrana”, finaliza Fábio.